Leia um capítulo

Baixe o pdf do segundo capítulo clicando… aqui.

9 respostas para Leia um capítulo

  1. Paula disse:

    Caro,
    Li o capítulo disponível e também alguns trechos publicados na Folha encontrei no site da Livraria Cultura e fiquei maravilhada. Irei adquirir seu livro muito em breve: antes que a censura do PNDN III mande tirar de circulação.
    Sou formada em Letras, pela USP, onde convivi com a patrulha ideológica e odes aos vitimismos e coitadismos. Hoje sou professora da rede estadual e fico horrorizada com a lavagem cerebral que meus colegas, munidos de péssimos livros didáticos, fazem com os pobres alunos. Recomendarei o Guia aos alunos da EJA (Suplência) como leitura complementar. Grande abraço e sucesso!
    P.S. Até hoje eu dizia que todo historiador é um babaca politicamente correto. Você os redimiu da minha fúria generalizadora.

  2. Paula disse:

    Apenas uma correção: havia colocado o trecho “encontrei no site da Livraria Cultura” entre parênteses, mas não aparecem os sinais. Será que o sistema de comentários não permite?

  3. clauber disse:

    Fico bestificado com a mentalidade atrasada,cascuda e delirante das patrulhas ideologicas de algumas universidades.O discurso meramente textual, sem viabilidades praticas,sem dimensao da realidade economica e politica no mundo.A pixacao sistemica e inflamada a quem nao reza da mesma cartilha.Essa gente deve desculpas pelo atraso causado no nosso ensino e a todas as distorcoes da fomentacao da ideia do que e nossa historia.

  4. Estou lendo seu excelente livro. É sucinto, objetivo e altamente cruel, no verdadeiro sentido que essa palavra comporta. Dever-se-ia constar da lista de leitura obrigatória para vestibulandos. No mínimo, o seu livro torna a reflexão necessária, que é, sem dúvida, o que deve nortear a escrita de um historiador. Nosso povo precisa ser desafiado a ler obras que sejam mesmo politicamente incorretas!…

  5. Magda Lucia Magalhães Bonfiglio disse:

    Leandro, li e reli seu livro fiquei muito feliz e reapreender a história. Cada amigo que faz aniversário ganha um exemplar. Depois que me aposentei descobri o que sempre soube e não queria admitir: sou apaixonada pela história do Brasil.

  6. jonas disse:

    Confesso que fiquei decepcionado, o Leandro espalha pela TV, internet e revistas que tudo o que aprendemos em historia na escola esta errado, que tudo é obra de marxistas, como se eles estivessem mais interessados em fazer lavagem cerebral do que historia, uma papagaiada sem fim, pra escrever um livro desses, que nada tem de definitivo que possa realmente desmistificar as teorias que ele tanto odeia. A começar por esse capitulo sobre negros que ele escreve que Zumbi tinha escravos e justifica dizendo que é óbvio por causa dos antepassados do líder quilombola, é óbvio para quem? no fim acaba sendo apenas mais uma teoria (o autor mesmo fala que nada esta provado no final do texto), e para as pessoas que gostaram deste livro eu pediria que leiam mais , inclusive marxistas, para não acharem que isto é a ultima palavra em historia. O Leandro sequer é historiador e seu livro é todo terceirizado, com passagens retiradas de outros autores não de alguma pesquisa que o autor empreendeu, é tudo trabalho de um jornalista (sem desmerecer a classe), então por que cargas d’agua eu deveria aceitar o que autor escreve?

  7. Piuas disse:

    O seu livro é incrível… li em dois dias, não consegui parar… Vou ler de novo com mais atenção de novo.
    E já estava com a idéia de fazer o mesmo que a da. Magda, e dar de presente paa cada amigo que fizer aniversário.

  8. Adilson Sabia disse:

    Fazia muito tempo que não lia um livro tão instigante! Sempre tive a ideia de a História do Brasil não ser bem contada, isto é, contada de forma conveniente. Com o advento do “politicamente correto”, isto se tornou evidente. Monteiro Lobato, em seu tempo, já desenvolvia esse espírito crítico em seus livros para crianças, que devorei à época em que era criança e que desenvolveu em mim esse espírito crítico. Parabéns pela coragem iconoclasta contra tanta mentira que mantém o povo na ignorância, tão útil a quem pretende tutelá-lo.

  9. Wiliam divino disse:

    tenho um professor que é um Dr. em história e ele colocou seu livro como um dos mais inteligentes que ele viu na vida ! realmente seu livro é excepcional .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s