Desculpas sobre o Haiti

O terremoto e a calamidade do Haiti fizeram vários “especialistas” no país aparecerem de repente. Nas rádios e canais de notícia, eles dizem o seguinte: o Haiti, apesar de ter sido o primeiro país da América Central a passar por uma revolução e conquistar independência, sofreu embargos e ditaduras apoiadas pelos EUA, o que resultou na miséria que vemos na TV. É o velho esquema “pobre/indefeso”versus “rico/inescrupuloso” que eu critico no Guia. Não conheço bem a história do Haiti, mas desconfio do seguinte: o país deu errado porque a sua elite perdeu. Os homens que conduziriam a massa à civlização foram expulsos ou executados. A justificativa do embargo ou das ditaduras serve para abafar uma verdade dolorosa: o Haiti é o melhor exemplo de que revoluções dão errado. A revolta, a liberdade e a independência acabaram com o país. Se os haitianos continuassem tendo que obedecer as regras impostas por algum país europeu, viveriam muito melhor hoje em dia, talvez como a Republica Dominicana, com quem dividem a ilha de Hispaniola. Ímpetos revolucionários causam tanta tristeza e tantas cenas lamentáveis quanto os piores terremotos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Desculpas sobre o Haiti

  1. Lucas disse:

    É, a revolução Norte-Americana e a revolução Francesa definitivamente provam que revoluções dão errado. Eita raciocinio simplista.

    • É verdade, Lucas – a revolução americana fura o raciocinio todo. Mas a francesa não: ela iniciou um monte de tragédias na França, exatamente como o Edmund Burke previu.

  2. tarso disse:

    Mais uma sobre o raciocínio: A vizinha e comparativamente próspera república dominicana teve mais de 50 revoluções entre o começo do século 19 e o do 20. É, ficou simplista hehehe

  3. João disse:

    Realmente, era melhor que eles continuassem a “obedecer as regras impostas por algum país europeu”, se aceitassem tudo quietos os seres superiores que são os europeus lhes dariam tudo.
    Você não passa de um simplista racista.

    • Ok, o post é simplista, mas João, por favor, não me chame de racista. Sim, eu acho que existem culturas melhores e piores, não caio na bobagem relativista de que não se pode avaliar culturas. Mas não vinculo culturas a etnias, a origem ou à genética. Por tanto, não, não sou racista.

  4. Paulo disse:

    Pela sua teoria, as antigas colônias africanas deveriam estar em melhores condições que os países da América Latina, pois o processo de independência na África ocorreu somente no século XX. Logo, os europeus tiveram mais tempo para conduzi-las à civilização (palavras suas). No entanto, não se pode dizer que, de forma geral, as antigas colônias africanas estão melhores que o Haiti.
    É claro que não podemos pensar desse modo, temos que analisar cada caso, senão corremos o risco que chegar a um pensamento simplista. E, concordando com o que já foi dito em outro comentário, seu raciocínio foi bem simplista.

    • Tá bom, tá bom, esse post foi um erro. Só quis dizer que o Haiti é um exemplo do que o Edmund Burke fala sobre o perigo das revoluções: aumentam a violência, fazem a elite ir embora, deixam o país sem os rumos das tradições.

  5. Luciano disse:

    Como já dito, o post não foi um dos mais brilhantes já postado por vc, já que ao tentar aplicar o raciocínio de Burke a um fato isolado e tentar generalizá-lo o autor cai em uma ´serie de erros de perspectiva e julgamento.Se assim fosse, como muito bem dito acima, a àfrica seria um motor da economia mundial e países como Peru, Equador e outros da américa andina seriam locomotivas da economia latino americana…cuidado Narloch, não vai virar um Mainardi da vida hein.

  6. Igor Henrique disse:

    Entendi seu artigo, mas acho que o equívoco foi fazer um paralelo com a escravidão brasileira e americana. Talvez a elite de lá não tivesse nenhum interesse maior na região.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s