Associação das Pessoas em Geral

Depois de ler o novo e polêmico Programa Nacional de Direitos Humanos, resolvi voltar com a ideia da Associação das Pessoas em Geral. Essa nobre instituição defenderá aqueles que não se enquadram em nenhuma minoria ou grupo de supostas vítimas da história. Também poderá falar em nome das pessoas em geral, como em notícias assim: “As pessoas estão usando mais azul neste verão. Quem diz é o próprio presidente da Associação das Pessoas em Geral, Leandro Narloch. ‘De fato, percebemos que nossos associados, ou seja, as pessoas, estão mesmo usando muito azul neste verão'”.

Agora é sério. Dei uma lida no PNDH e vi que fico de fora até mesmo quando eles falam de “acesso universal a sistema de saúde de qualidade”:

Ações programáticas:
a) Expandir e consolidar programas de serviços básicos de saúde e de atendimento domiciliar para a popu-
lação de baixa renda, com enfoque na prevenção e diagnóstico prévio de doenças e deficiências, com apoio
diferenciado às pessoas idosas, indígenas, negros e comunidades quilombolas, pessoas com deficiência,
pessoas em situação de rua, lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, crianças e adolescentes, mu-
lheres, pescadores artesanais e população de baixa renda.

Acho que vou começar a pescar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

6 respostas para Associação das Pessoas em Geral

  1. rita disse:

    ufa, eu sou mulher!

  2. Pingback: PNDH-3 e a Associação das Pessoas em Geral « Liberdade de Expressão II

  3. Caco disse:

    Veja-se que “populacao de baixa renda” aparece duas vezes.

    Isso sim que eh boa redacao…
    Ou eles querem MESMO dar atencao a populacao de baixa renda!!!

  4. Vinicius disse:

    Pelo visto homem com cor de pele branca e japonês são os que estão de fora disto… Tão lascados…

  5. Rafael Diehl disse:

    A esquerda tem esse péssimo costume de rotular seres humanos em vários pequenos grupos de “minorias-vitimizadas” dos quais sempre se exclui o branco cristão heterossexual de classe média, hahaha. Não existe mais o ser humano, existe várias categorizações. Depois vem falar em igualdade, sei…

  6. Victor Hugo disse:

    “se exclui o branco cristão heterossexual de classe média”
    “Acho que vou começar a pescar.”

    Eles nao excluem os caucasianos com uma renda media, o plano apenas visa dar “enfoque” em populaçoes de baixa renda, (o que inclui qualquer etnia, inclusive o japones citado acima) ja que elas sao mais dependentes dos serviços publicos. Isso, no entanto nao significa que os outros estratos sociais teriam acesso negado, por ser uma acao inconstitucional e prejudicial a qualquer governo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s